Back

ⓘ Geografia



                                               

Geografia

A Geografia é uma ciência que tem por objetivo o estudo da superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos significativos na paisagem. Também estuda a relação recíproca entre o homem e o meio ambiente. Para alguns a Geografia também pode ser uma prática humana de conhecer onde se vive para compreender e planejar o espaço onde se vive. Um dos temas centrais da geografia é a relação homem-natureza. A natureza é entendida aqui como as forças que geraram ou contribuem para moldar o espaço geográfico, isto é, a dinâmica e interações que existem entre a atmosfera, litosfera, hidrosfe ...

                                               

Geografia econômica

A geografia econômica é o estudo da localização, distribuição e organização espacial das atividades econômicas na Terra. A geografia econômica está focada na: em rotas comerciais de transporte; e nas mudanças de valor do mercado imobiliário. localização de indústrias e atividades comerciais no atacado e varejo; Cursos em geografia econômica podem abranger tópicos como transporte, agricultura, localização industrial, comércio internacional, e a organização espacial e funções das atividades de negociação Geografia Econômica Teórica enfatiza a construção de teorias sobre arranjos espaciais e ...

                                               

Geografia costeira

A geografia costeira, geografia litorânea ou geografia do litoral é um ramo da geografia que estuda a relação entre terra e a água e do clima na zona costeira.

                                               

Geografia humana

Geografia humana é uma ciência humana que se consagra ao estudo e à descrição da interação entre a sociedade e o espaço. Ela ajuda o homem a entender o espaço em que vive, o espaço geográfico. Pode-se compreender o objeto da geografia humana como sendo a leitura crítica das ações, usos e transformações humanas sobre o espaço, assim como a incidência e o condicionamento exercidos pelo espaço sobre a sociedade e suas ações.

                                               

Possibilismo (geografia)

A escola francesa de geografia, conhecida também como escola "possibilista", foi criada por Paul Vidal de la Blache e acreditava na possibilidade de haver influências recíprocas entre o homem e o meio natural. Ela traz o termo possibilismo, que foi elaborado pelo historiador Lucien Febvre para diferenciar a geografia francesa dos trabalhos influenciados pelo determinismo ambiental, da escola alemã. Assim, o termo passou a designar uma escola de pensamento geográfico que encara na natureza constante movimento ambiente natural como um mero fornecedor de possibilidades para a modificação huma ...

                                               

Geografia política

A geografia política é um ramo de geografia que se dedica ao estudo da interação entre a política e o território, nomeadamente no que diz respeito à administração. A geografia política moderna reflete as características políticas frente aos aspectos sócio-econômicos no âmbito local, regional, nacional e internacional. Os estudos desta área avaliam diversos fatores que determinaram uma situação já estabelecida como, por exemplo, as características demográficas frente ao desenvolvimento de um ramo da economia. Este ramo da geografia surgiu na obra "Politische Geographie" Geografia Política, ...

                                               

Geografia física

Geografia física ou fisiografia é o estudo das características naturais existentes na superfície terrestre, ou seja, o estudo das condições da natureza ou paisagem natural da Terra. A superfície da Terra é irregular e varia de um lugar para outro em função da inter-relação dinâmica entre os fatores entre si e geográfica em conjunto com outros fatores. A manifestação local deste produto dinâmica é conhecida como paisagem, que é em Geografia um fenômeno de interesse particular, mesmo considera por muitos a ser o objeto de estudo da geografia. Uma das teorias clássicas para explicação da evol ...

                                               

Geografia quantitativa

O quarto paradigma da geografia é o da Geografia Teórico-Quantitativa ou Nova Geografia. O momento histórico, que se formou e consolidou esta corrente foi muito marcada pela a situação socioeconômica que vivia o mundo no pós-Segunda Guerra. Utilizada pela classe dominante o cenário de destruição fez com que os geógrafos buscassem novas formulações para superar a crise econômica capitalista. Esta corrente efetua uma crítica a geografia tradicional pela sua insuficiência da análise tradicional." Os números servem para o Estado interferir na realidade ”. Caracterizada pelo uso de métodos mate ...

                                               

Geografia cultural

Geografia cultural é o campo da geografia humana que estuda os produtos e normas culturais e suas variações através dos espaços e dos lugares. Foca-se na descrição e análise de como as formas de linguagem, religião, artes, crenças, economia, governo, trabalho e outros fenômenos culturais variam ou permanecem constantes, de um lugar para outro e na explicação de como os humanos funcionam no espaço.

                                               

Geografia urbana

A Geografia urbana é um ramo da Geografia que estuda as áreas urbanas e seus processos de produção do espaço urbano. Ou seja: enquanto fenômeno geográfico, a urbanização se apresenta como um conjunto de processos coordenados pela ação humana e cuja complexidade exige grande aprofundamento dos pesquisadores com vistas a compreender como a cidade se produz e reproduz, como compreende um todo ao mesmo tempo homogêneo e heterogêneo, como as pessoas se inserem e são inseridas neste espaço, acompanhando também os diferentes modos produtivos e as diferentes urbanizações que produzem e todas as di ...

                                               

Geografia rural

Geografia rural, é o nome que se dava antigamente ao estudo geográfico dos assentamentos rurais e das atividades e modos de vida desenvolvidos no meio rural. Embora atualmente a tecnologia tenha originado uma transformação tão importante, tanto nas cidades como no meio rural, como para considerar que já não se pode falar de conceitos que tem a ver com este ramo da geografia da mesma maneira que há quatro ou cinco décadas. Isto se deve que desde meados do século XX, em muitas zonas geográficas consideradas de baixa densidade de população, havia serviços que eram considerados, até aquele tem ...

                                               

Geografia marxista

Geografia marxista é uma geografia crítica que utiliza as teorias da filosofia e do marxismo para examinar as relações espaciais da geografia humana. Na geografia marxista, as relações que a geografia tem tradicionalmente analisadas - ambiente natural e as relações espaciais - são revistas resultados do modo de produção material. Para compreender as relações geográficas, a estrutura social também deve ser examinada e sua base deve ser alterada, segundo a geografia marxista.

                                               

Alísios

Os ventos alísios são ventos que ocorrem durante todo o mês nas regiões sub-tropicais, sendo muito comuns na América Central. São o resultado da ascensão de massas de ar que convergem de zonas de alta pressão, nos trópicos, para zonas de baixa pressão no Equador, formando um ciclo. São ventos úmidos, que provocam chuvas nos locais onde convergem. Por essa razão, a zona equatorial é a região das calmarias equatoriais chuvosas. O Alísio de hemisfério Norte sopra de Nordeste para Sudoeste, enquanto do hemisfério Sul sopra do Sudeste para o Noroeste. A sua influência é mais marcante no clima d ...

                                               

Assoreamento

Assoreamento é o processo pelo qual o leito de um rio ou lago se eleva em função do acúmulo de sedimentos e detritos levados para dentro dele pela água das chuvas, que retira esse material por erosão de regiões desmatadas, próximas margens ou distantes via afluentes. Esse acúmulo interfere na topografia dos leitos e os impede de portar todo seu volume hídrico por ocasião de maior pluviosidade, provocando transbordamento e alagamento enchentes. Portanto, entende-se que a deterioração dos leitos está adjunta ao desmatamento, principalmente ciliar, ou seja, o mau uso do solo e a exploração do ...

                                               

Costa deposicional

Antes de iniciar as discussões sobre o conceito de costas deposicionais, precisa-se primeiro entender: o que são costas? Como elas se constituem na faixa litorânea? Respondendo à estas perguntas ter-se-a o respaldo conceitual para que se possa iniciar as discussões sobre esse processo costeiro. Desta forma, Garrison 2010 caracteriza costa como grande zona afetada pelos processos que ocorrem nos limites onde o oceano encontra o continente. Segundo o autor, tal formação geomorfológica pode englobar os pântanos, as dunas de areia e falésias que se formam no interior da praia, como também os b ...

                                               

Endógeno

Endógeno é um fenômeno ou processo geológico que se realiza no interior do planeta Terra. Os agentes geológicos ou agentes internos que podem ser chamados de endógenos referem-se à interação de forças internas da Terra, tais como: aquecimento provocado por radioatividade; variações de pressão e temperatura provocadas por reações e recristalizações minerais para fases minerais mais ou menos densas com emissão ou absorção de calor o que leva a desequilíbrios densitométricos e poderosas movimentações de massas rochosas, magmas e fluidos no interior da Terra. Alguns exemplos de fenômenos ou pr ...

                                               

Frente marítima

A Frente marítima ou frente-mar de uma cidade corresponde à sua áerea portuária ou à área ao longo de um corpo de água. Hoje, trabalha-se muito com planos de estrutura para a frente-marítima que visam desenvolver e revitalizar a área não aproveitada. Além de melhorar as condições ambientais, a qualidade e o ordenamento dos mares e seu limite urbano, os Planos de Estrutura buscam a melhor interação entre o natural e o urbano, visando o desenvolvimento da cidade dentro do seu contexto local.

                                               

Geofácies

Na proposta inicial de classificação de paisagens proposta por Georges Bertrand, Geofácies são os aspectos superficiais das paisagens: solos, vegetação e explorações antrópicas. Esses geofácies se dividem por sua vez em geótopos, que são as menores unidades de um geossistema e que correspondem a particularidades topo-geomorfológicas tais como, um rochedo, uma cornija, uma pequena depressão. Todavia, anos mais tarde Bertrand revogou sua nomenclatura geossistema-geofácies-geótopo, passando a definição de Geossistema proposta por Viktor Borisovich Sochava que, segundo o próprio Bertrand, é ma ...

                                               

Geografia regional

Geografia Regional é o estudo das regiões ao redor do mundo na busca de compreender e definir as características únicas de uma região em particular, que consistem de elementos naturais e humanos. É dada atenção também à regionalização que cobre as técnicas de delineação do espaço em regiões. Uma das questões mais debatidas ao longo da história da geografia são as relações entre a geografia regional e a geografia geral, sendo que cada uma das grandes correntes de pensamento geográfico apresentaram propostas diferentes acerca das contribuições que cada um desses ramos deveria dar à produção ...

                                               

Geossistema

A Teoria do Geossistema foi formulada no sentido de aplicar a Teoria geral de sistemas ao estudo da superfície terrestre e suas paisagens naturais, sejam elas modificadas ou não pela ação do ser humano. Esta Teoria foi proposta por Viktor Borisovich Sochava, acadêmico do Instituto de Geografia da Sibéria e Extremo Oriente. Segundo Sochava 1978, p. 292, um geossistema é uma dimensão do espaço terrestre onde os diversos componentes naturais encontram-se em conexões sistêmicas uns com os outros, apresentando uma integridade definida, interagindo com a esfera cósmica e com a sociedade humana.

                                               

Horizontal

Em geografia, horizontal é uma linha reta imaginária cuja direção é paralela ao horizonte terrestre. Ela é perpendicular à vertical a partir do ponto de ponto de observação. Em geometria e na matemática em geral, a horizontal é usada juntamente com a vertical para a elaboração de gráficos, tabelas etc. Na épura da geometria descritiva, por exemplo, a intersecção dos planos de projeção horizontal e vertical resulta na linha de terra, que é uma reta horizontal. Em topografia, a horizontal serve de referência para se determinar uma posição em relação a uma determinada altitude.

                                               

Lista de países que incluem Estados Unidos em seu nome

Estados Unidos geralmente se refere aos Estados Unidos da América, mas há outros países e grupos de países com "Estados Unidos" no nome. A lista inclui países e grupos de países, que são reais, propostos ou fictícios:

                                               

Olimpíada Internacional de Geografia

A Olimpíada Internacional de Geografia é uma olimpíada de geografia que ocorre a cada dois anos em local itinerante e é destinada a alunos de 16 a 19 anos. A primeira edição deste evento ocorreu em 1996, na Holanda, partindo de uma iniciativa da União Internacional de Geografia International Geographical Union - IGU. A edição mais recente foi realizada em Belgrado, Sérvia, contando com a participação de 24 países. O Brasil participa dessa olimpiada desde 2015

                                               

País sem costa marítima

São denominados países sem costa marítima, países interiores ou países encravados aqueles que não têm saída para o mar ou oceano. Note-se que esta definição de mar não inclui os mares que não estão ligados aos oceanos, pelo que o mar Cáspio e o mar de Aral, ao serem lagos endorreicos, permitem que alguns países que neles têm costa sejam considerados países sem costa marítima. Os países banhados pelo mar de Aral e/ou mar Cáspio são: Azerbaijão, Cazaquistão, Uzbequistão e Turquemenistão.

                                               

Paisagem

Paisagem é um conceito que tem sido utilizado nas artes e na ciência, principalmente na Geografia, na Ecologia e na Arquitetura Paisagista. De acordo com a Convenção Europeia da Paisagem: "designa uma parte do território, tal como é apreendida pelas populações, cujo caráter resulta da ação e da interação de fatores naturais e/ou humanos". É um conceito que mantém uma forte relação com o visual e com o imediatamente percebido. Em uma definição do senso comum, paisagem é definida como a porção visível do espaço, bem como sua representação. Contudo, sua abordagem científica vai muito além des ...

                                               

Paisagem natural

Paisagem natural é o termo utilizado para se referir àquelas paisagens onde há ausência de elementos culturais e para se referir aos aspectos naturais de uma paisagem, principalmente ao conjunto das relações entre seus elementos componentes. Com sentido global, a paisagem natural pode ser entendida como um conjunto formado pelas árvores entre os componentes da natureza, podendo estar mais ou menos modificada pela ação humana.

                                               

Pedologia

Pedologia, do grego pedon, é o estudo dos solos no seu ambiente natural. É ramo da geografia física, e é um dos dois ramos das ciências do solo, sendo o outro a edafologia. No entanto enquanto a pedologia considera o solo como um corpo natural, um produto sintetizado pela natureza e submetido à ação de intemperismos, a edafologia imagina o solo como viveiro natural para os vegetais. A Pedologia estuda a pedogênese, a morfologia e a classificação de solos.

                                               

Propriedade rural

Uma propriedade rural ou propriedade rústica é geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária. Existem nomes variados para diferentes tipos de propriedades rurais, conforme a localidade e os tipos de atividade produtiva ali realizados, como por exemplo quinta, sítio, chácara, roça, estância, herdade, granja, fazenda, engenho, rancho. Algumas indústrias localizam-se especificamente na propriedade rural. A indústria sucro-alcooleira e a olaria têm esta característica.

                                               

Protecionismo alfandegário

O Protecionismo alfandegário foi um princípio alfandegário criado em 1844 pelo governo brasileiro, com o objetivo de ampliar a receita fiscal e proteger os então poucos estabelecimentos industriais do país, dificultando as importações. Protecionismo alfandegário são restrições impostas por alguns países quanto à passagem de algumas mercadorias ou produtos. Essas restrições podem envolver desde elevadas taxas de importação, exigências de certificados internacionais de qualidade como os da ISO, fiscalização minuciosa da documentação e origem de determinadas cargas, podendo chegar à proibição ...

                                               

Raquel Soeiro de Brito

Raquel Soeiro de Brito, é uma geógrafa portuguesa que foi a 12ª mulher a obter o doutoramento em Portugal. Deve-se a ela, a criação dos departamentos de geografia, antropologia e planeamento regional da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, da qual foi co-fundadora.

                                               

Recenseador

O Recenseador é o responsável por fazer o trabalho da coleta de dados por meio de entrevistas com os moradores para o censo demográfico. Estando em contato direto com o público, ele representa o IBGE para a sociedade. A qualidade dos resultados que serão entregues para o país ao final da operação depende diretamente da qualidade do seu trabalho. O trabalho do Recenseador consiste em obter as informações junto aos moradores de uma determinada área, nos locais onde residem. Como o censo acontece uma vez a cada dez anos, os recenseadores são contratados através de concurso público temporário ...

                                               

Superfície terrestre

Entende-se por superfície terrestre a parte externa da crosta terrestre. As características deste setor do planeta terra são influenciadas pelos movimentos da Terra em relação a ela mesma e em relação ao Sol, os movimentos da lua e pela tectônica de placas.

                                               

Geografia temporal

Geografia temporal ou geografia do espaço-tempo é o campo das ciências humanas que trata do estudo do fator temporal nas atividades espaciais humanas. Possui suas raízes no geógrafo Sueco Torsten Hägerstrand que destacou o fator temporal nas atividades humanas no espaço. O caminho do espaço tempo, escrito por Hägerstrand, mostra o movimento de um indivíduo no ambiente espaço-temporal com as restrições colocadas nele por estes fatores. Três categorias de restrições impostas foram identificadas por Hägerstrand: Autoridade - limitação do acesso a determinados lugares ou domínios a alguns indi ...

                                               

Terra

A Terra é o terceiro planeta mais próximo do Sol, o mais denso e o quinto maior dos oito planetas do Sistema Solar. É também o maior dos quatro planetas telúricos. É por vezes designada como Mundo ou Planeta Azul. Lar de milhões de espécies de seres vivos, incluindo os humanos, a Terra é o único corpo celeste onde é conhecida a existência de vida. O planeta formou-se há 4.56 bilhões de anos, e a vida surgiu na sua superfície um bilhão de anos depois. Desde então, a biosfera terrestre alterou significativamente a atmosfera e outros fatores abióticos do planeta, permitindo a proliferação de ...

                                               

Unidades taxonômicas (geomorfologia)

Unidades taxonômicas têmporo-espaciais são unidades de compartimentação do relevo a partir da perspectiva tridimensional, envolvendo tamanho, gênese e idade da porção superficial terrestre, propostas por Jurandyr Ross. Essa classificação busca compreender o conjunto, de modo que, ao analisar associadamente suas partes, torna-se possível entender o relevo em sua totalidade.

Free and no ads
no need to download or install

Pino - logical board game which is based on tactics and strategy. In general this is a remix of chess, checkers and corners. The game develops imagination, concentration, teaches how to solve tasks, plan their own actions and of course to think logically. It does not matter how much pieces you have, the main thing is how they are placement!

online intellectual game →